Empresário potiguar Nevaldo Rocha recebe homenagem do Senado por indicação de Agripino

senado

Durante a entrega do 6º Diploma José Ermírio de Moraes, nesta terça-feira (26), no plenário, o senador José Agripino (RN) elogiou a trajetória profissional do empresário potiguar Nevaldo Rocha, fundador do Grupo Guararapes. Indicado pelo parlamentar para receber a premiação que reconhece empresários brasileiros que contribuem para o desenvolvimento nacional, Nevaldo Rocha, que é natural de Caraúbas (RN), foi representado pelo filho, Flávio Rocha. O prêmio José Ermírio de Moraes é concedido pelo Senado Federal desde o ano de 2010.

 

“Ele é um cidadão que merece nossa homenagem. Tanto que hoje é capa da revista Forbes como um homem que ganhou a vida honestamente, com talento e competência. É um exemplo de brasileiro que tem amor à terra”, disse Agripino. O Grupo Guararapes – que inclui as Lojas Riachuelo, o Shopping Midway Mall e o Teatro Riachuelo – é considerado a maior empresa de moda do Brasil e emprega cerca de 40 mil pessoas nos ramos têxtil, varejista e financeiro. “Eu, como potiguar, tenho a obrigação de homenageá-lo. Nevaldo Rocha contribui para a cultura e o entretenimento da região. Representa um exemplo de conduta como pai de família e também como empresário”, acrescentou.

 

Durante a cerimônia, José Agripino afirmou ainda que ser empresário no Brasil é um desafio, principalmente em momentos de crise econômica. “Os empresários enfrentam desafios árduos como a carga de impostos, regras trabalhistas, taxas de juros, inflação que sai do controle, taxa de câmbio. Por isso, eles têm meu respeito porque são empregadores, cumprem regras, pagam salários, garantem direitos e colocam este país em marcha”, frisou o parlamentar.

 

O Diploma José Ermírio de Moraes já premiou nomes como Jorge Gerdau, Francisco Ivens de Sá Dias Branco e o ex-vice-presidente José Alencar Gomes da Silva, entre outros. Além de Nevaldo Rocha, os homenageados deste ano foram os empresários Armando de Queiroz Monteiro Filho (PE), João Evangelista da Costa Tenório (AL), Albano do Prado Pimentel Franco (SE), Carlos Alberto Sicupira (RJ) e Antônio Ermírio de Moraes (SP/in memoriam).