Município oferece tratamento integral contra Hanseníase

tratamento integral contra HanseníaseQuem precisa fazer tratamento contra Hanseníase encontra apoio integral na Secretaria Municipal de Saúde. O interessado deve se dirigir primeiramente à Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima para receber as primeiras orientações. A rede dispõe desde as informações sobre a doença até todo o tratamento, incluindo acompanhamento médico especializado e medicações.

Atualmente, mais de 130 pessoas estão em tratamento contra a doença, por meio do Programa Municipal de Combate à Hanseníase, que faz o monitoramento constante dos pacientes. Só neste ano, foram diagnosticados 66 novos casos de Hanseníase, sendo os bairros de Santo Antônio e Alto da Conceição as localidades com maior incidência.

Para combater a doença, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Programa Saúde na Escola, realiza ações periódicas nos dois bairros considerados endêmicos. Desde o dia 23 de setembro, já foram atendidos 1.531 alunos da rede pública, sendo 13 diagnosticados e encaminhados imediatamente para tratamento na UBS.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Leodise Cruz, as pessoas com manchas esbranquiçadas ou avermelhadas na pele, sintoma mais comum de hanseníase, devem procurar a UBS imediatamente para realizar o tratamento, que pode durar de seis meses a dois anos. “Hanseníase tem cura e as pessoas precisam procurar o atendimento médico imediatamente, caso surjam os primeiros sintomas. Quanto mais cedo for diagnosticado, mais rápido e fácil o tratamento”, orienta.