CASO SETHAS: Empresários são soltos e advogado diz ao blog que pode pedir responsabilização de promotores

SETHAS

Os oitos empresários presos em flagrante desde a sexta-feira, acusados de tentar fraudar uma licitação na Secretaria de Estado de Trabalho, Habitação e Assistência Social foram soltos pela justiça.

O juiz Gabriel Maia Neto, decidiu soltar os empresários no final da tarde deste domingo, reconhecendo a total ilegalidade da prisão de quatro empresários, dizendo literalmente que as prisões não tinham base jurídica e nem elementos para acontecer.

No caso dos outros quatro empresários, o juiz resolveu relaxar a prisão, arbitrando fiança e algumas medidas cautelares.

O advogado Thiago Cortez que defende um dos empresários, disse a esse blog “que o momento é de analise jurídica para responsabilização, ou não, dos promotores que, deram credibilidade a uma depoimento inverídico sem qualquer prova das suas insanas alegações”