Turismo é plataforma para desenvolvimento do país, diz ministro Henrique Alves

 

 

Hea

O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, participou nesta quarta-feira (18) da abertura da maior feira do setor no Nordeste, a Destination Brazil Travel Mart (DBTM). Ele aproveitou o evento para reafirmar o compromisso de defender, junto ao governo federal, a inclusão do turismo na pauta estratégica do país.

“Eu desafio qualquer pessoa a me apontar alguma potência econômica mundial que não tenha usado o turismo como uma plataforma de desenvolvimento”, afirmou o ministro ao citar os exemplos de Estados Unidos, Alemanha, Espanha e Portugal. Ele destacou que o setor de viagens gera emprego nas diversas camadas sociais e em distintas faixas etárias, dos mais jovens aos mais idosos. “Estamos falando de um setor no qual as máquinas têm espaço limitado, no qual os empreendimentos dependem de mão de obra”, comentou.

A organização da Olimpíada, a criação de áreas especiais de interesse turísticos, locais com crédito facilitado e licenciamento diferenciado, e a discussão sobre a regularização dos jogos foram citadas como prioridades da atual gestão da pasta. “Temos de ter coragem para enfrentar de forma séria, profissional e republicana a legalização dos jogos porque atualmente as pessoas jogam de forma clandestina, sem gerar qualquer arrecadação para o país. Esta é uma posição pessoal que ainda vou levar ao governo”, afirmou.

Estiveram presentes no evento o governador de Pernambuco (PE), Paulo Câmara, o secretário estadual de turismo, Felipe Carreiras, o secretário de turismo de Recife, Camilo Simões, o prefeito de Ipojuca (PE), Carlos Santana e o presidente da Comissão de Turismo Integrado do Nordeste, Nelson Pelegrino (BA).

O encontro de investidores está sendo realizado em Porto de Galinhas (PE). Destination Brazil Travel Mart é uma feira voltada exclusivamente para a realização de negócios. Nesta edição, são esperados 200 compradores de 20 países e 120 fornecedores de serviços turísticos. A estimativa de retorno financeiro do evento é de R$ 200 milhões.

Os atrativos da região mais procurada pelos brasileiros para viajar são destaque da feira. Segundo a pesquisa Sondagem do Consumidor, do Ministério do Turismo, entre os que desejam viajar nos próximos seis meses, 46% o farão para o Nordeste. De olho neste potencial, a Pasta já destinou R$ 4,1 bilhões em contratos de repasse de recursos para melhorias na infraestrutura turística da região.

“Queremos mostrar para os compradores internacionais o potencial dos atrativos do Nordeste para que eles possam promover e vender nossos destinos no mundo”, afirmou o ministro Henrique Eduardo Alves. O Ministério do Turismo conta com um espaço exclusivo na feira onde dá continuidade à divulgação da campanha Brasil Destino Olímpico. Toda a decoração do espaço remete à prática de esportes olímpicos em diferentes destinos nacionais. Também tem distribuição de material sobre o revezamento da Tocha Olímpica. Além disso, a Embratur oferece capacitação sobre os destinos turísticos e como vendê-los no exterior.

O evento é organizado pela Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas e pelo Porto de Galinhas Convention & Visitors Bureau. A programação segue até quinta-feira (19) e inclui um espaço de convivência onde os nove estados nordestinos apresentam os atrativos de cada destino. Há, ainda, um ambiente exclusivo onde ocorrerão as rodadas de negócios durante todo o dia.